Links

PERSPETIVA ATUAL


Vista da Galeria Presença, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


Isaque Pinheiro na Galeria Presença, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


Diogo Pimentão na Rocio Santa Cruz, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


Daniela Ângelo na Galeria Francisco Fino, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


José Almeida Pereira na Kubikgallery, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


João Louro na Galeria Fernando Santos, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo


Antonio Ballester Moreno na Galeria Pedro Cera, ARCOLisboa 2024. © Constança Babo

Outros artigos:

2024-04-13


FÁTIMA LOPES CARDOSO


2024-03-04


PEDRO CABRAL SANTO


2024-01-27


NUNO LOURENÇO


2023-12-24


MAFALDA TEIXEIRA


2023-11-21


MARC LENOT


2023-10-16


MARC LENOT


2023-09-10


INÊS FERREIRA-NORMAN


2023-08-09


DENISE MATTAR


2023-07-05


CONSTANÇA BABO


2023-06-05


MIGUEL PINTO


2023-04-28


JOÃO BORGES DA CUNHA


2023-03-22


VERONICA CORDEIRO


2023-02-20


SALOMÉ CASTRO


2023-01-12


SARA MAGNO


2022-12-04


PAULA PINTO


2022-11-03


MARC LENOT


2022-09-30


PAULA PINTO


2022-08-31


JOÃO BORGES DA CUNHA


2022-07-31


MADALENA FOLGADO


2022-06-30


INÊS FERREIRA-NORMAN


2022-05-31


MADALENA FOLGADO


2022-04-30


JOANA MENDONÇA


2022-03-27


JEANNE MERCIER


2022-02-26


PEDRO CABRAL SANTO


2022-01-30


PEDRO CABRAL SANTO


2021-12-29


PEDRO CABRAL SANTO


2021-11-22


MANUELA HARGREAVES


2021-10-28


CARLA CARBONE


2021-09-27


PEDRO CABRAL SANTO


2021-08-11


RITA ANUAR


2021-07-04


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2021-05-30


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2021-04-28


CONSTANÇA BABO


2021-03-17


VICTOR PINTO DA FONSECA


2021-02-08


MARC LENOT


2021-01-01


MANUELA HARGREAVES


2020-12-01


CARLA CARBONE


2020-10-21


BRUNO MARQUES


2020-09-16


FÁTIMA LOPES CARDOSO


2020-08-14


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2020-07-21


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2020-06-25


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2020-06-09


PEDRO CABRAL SANTO E NUNO ESTEVES DA SILVA


2020-05-21


MANUELA HARGREAVES


2020-05-01


MANUELA HARGREAVES


2020-04-04


SUSANA GRAÇA E CARLOS PIMENTA


2020-03-02


PEDRO PORTUGAL


2020-01-21


NUNO LOURENÇO


2019-12-11


VICTOR PINTO DA FONSECA


2019-11-09


SÉRGIO PARREIRA


2019-10-09


LUÍS RAPOSO


2019-09-03


SÉRGIO PARREIRA


2019-07-30


JULIA FLAMINGO


2019-06-22


INÊS FERREIRA-NORMAN


2019-05-09


INÊS M. FERREIRA-NORMAN


2019-04-03


DONNY CORREIA


2019-02-15


JOANA CONSIGLIERI


2018-12-22


LAURA CASTRO


2018-11-22


NICOLÁS NARVÁEZ ALQUINTA


2018-10-13


MIRIAN TAVARES


2018-09-11


JULIA FLAMINGO


2018-07-25


RUI MATOSO


2018-06-25


MARIA DE FÁTIMA LAMBERT


2018-05-25


MARIA VLACHOU


2018-04-18


BRUNO CARACOL


2018-03-08


VICTOR PINTO DA FONSECA


2018-01-26


ANA BALONA DE OLIVEIRA


2017-12-18


CONSTANÇA BABO


2017-11-12


HELENA OSÓRIO


2017-10-09


PAULA PINTO


2017-09-05


PAULA PINTO


2017-07-26


NATÁLIA VILARINHO


2017-07-17


ANA RITO


2017-07-11


PEDRO POUSADA


2017-06-30


PEDRO POUSADA


2017-05-31


CONSTANÇA BABO


2017-04-26


MARC LENOT


2017-03-28


ALEXANDRA BALONA


2017-02-10


CONSTANÇA BABO


2017-01-06


CONSTANÇA BABO


2016-12-13


CONSTANÇA BABO


2016-11-08


ADRIANO MIXINGE


2016-10-20


ALBERTO MORENO


2016-10-07


ALBERTO MORENO


2016-08-29


NATÁLIA VILARINHO


2016-06-28


VICTOR PINTO DA FONSECA


2016-05-25


DIOGO DA CRUZ


2016-04-16


NAMALIMBA COELHO


2016-03-17


FILIPE AFONSO


2016-02-15


ANA BARROSO


2016-01-08


TAL R EM CONVERSA COM FABRICE HERGOTT


2015-11-28


MARTA RODRIGUES


2015-10-17


ANA BARROSO


2015-09-17


ALBERTO MORENO


2015-07-21


JOANA BRAGA, JOANA PESTANA E INÊS VEIGA


2015-06-20


PATRÍCIA PRIOR


2015-05-19


JOÃO CARLOS DE ALMEIDA E SILVA


2015-04-13


Natália Vilarinho


2015-03-17


Liz Vahia


2015-02-09


Lara Torres


2015-01-07


JOSÉ RAPOSO


2014-12-09


Sara Castelo Branco


2014-11-11


Natália Vilarinho


2014-10-07


Clara Gomes


2014-08-21


Paula Pinto


2014-07-15


Juliana de Moraes Monteiro


2014-06-13


Catarina Cabral


2014-05-14


Alexandra Balona


2014-04-17


Ana Barroso


2014-03-18


Filipa Coimbra


2014-01-30


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2013-12-09


SOFIA NUNES


2013-10-18


ISADORA H. PITELLA


2013-09-24


SANDRA VIEIRA JÜRGENS


2013-08-12


ISADORA H. PITELLA


2013-06-27


SOFIA NUNES


2013-06-04


MARIA JOÃO GUERREIRO


2013-05-13


ROSANA SANCIN


2013-04-02


MILENA FÉRNANDEZ


2013-03-12


FERNANDO BRUNO


2013-02-09


ARTECAPITAL


2013-01-02


ZARA SOARES


2012-12-10


ISABEL NOGUEIRA


2012-11-05


ANA SENA


2012-10-08


ZARA SOARES


2012-09-21


ZARA SOARES


2012-09-10


JOÃO LAIA


2012-08-31


ARTECAPITAL


2012-08-24


ARTECAPITAL


2012-08-06


JOÃO LAIA


2012-07-16


ROSANA SANCIN


2012-06-25


VIRGINIA TORRENTE


2012-06-14


A ART BASEL


2012-06-05


dOCUMENTA (13)


2012-04-26


PATRÍCIA ROSAS


2012-03-18


SABRINA MOURA


2012-02-02


ROSANA SANCIN


2012-01-02


PATRÍCIA TRINDADE


2011-11-02


PATRÍCIA ROSAS


2011-10-18


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-09-23


MARIA BEATRIZ MARQUILHAS


2011-07-28


PATRÍCIA ROSAS


2011-06-21


SÍLVIA GUERRA


2011-05-02


CARLOS ALCOBIA


2011-04-13


SÓNIA BORGES


2011-03-21


ARTECAPITAL


2011-03-16


ARTECAPITAL


2011-02-18


MANUEL BORJA-VILLEL


2011-02-01


ARTECAPITAL


2011-01-12


ATLAS - COMO LEVAR O MUNDO ÀS COSTAS?


2010-12-21


BRUNO LEITÃO


2010-11-29


SÍLVIA GUERRA


2010-10-26


SÍLVIA GUERRA


2010-09-30


ANDRÉ NOGUEIRA


2010-09-22


EL CULTURAL


2010-07-28


ROSANA SANCIN


2010-06-20


ART 41 BASEL


2010-05-11


ROSANA SANCIN


2010-04-15


FABIO CYPRIANO - Folha de S.Paulo


2010-03-19


ALEXANDRA BELEZA MOREIRA


2010-03-01


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-02-17


ANTÓNIO PINTO RIBEIRO


2010-01-26


SUSANA MOUZINHO


2009-12-16


ROSANA SANCIN


2009-11-10


PEDRO NEVES MARQUES


2009-10-20


SÍLVIA GUERRA


2009-10-05


PEDRO NEVES MARQUES


2009-09-21


MARTA MESTRE


2009-09-13


LUÍSA SANTOS


2009-08-22


TERESA CASTRO


2009-07-24


PEDRO DOS REIS


2009-06-15


SÍLVIA GUERRA


2009-06-11


SANDRA LOURENÇO


2009-06-10


SÍLVIA GUERRA


2009-05-28


LUÍSA SANTOS


2009-05-04


SÍLVIA GUERRA


2009-04-13


JOSÉ MANUEL BÁRTOLO


2009-03-23


PEDRO DOS REIS


2009-03-03


EMANUEL CAMEIRA


2009-02-13


SÍLVIA GUERRA


2009-01-26


ANA CARDOSO


2009-01-13


ISABEL NOGUEIRA


2008-12-16


MARTA LANÇA


2008-11-25


SÍLVIA GUERRA


2008-11-08


PEDRO DOS REIS


2008-11-01


ANA CARDOSO


2008-10-27


SÍLVIA GUERRA


2008-10-18


SÍLVIA GUERRA


2008-09-30


ARTECAPITAL


2008-09-15


ARTECAPITAL


2008-08-31


ARTECAPITAL


2008-08-11


INÊS MOREIRA


2008-07-25


ANA CARDOSO


2008-07-07


SANDRA LOURENÇO


2008-06-25


IVO MESQUITA


2008-06-09


SÍLVIA GUERRA


2008-06-05


SÍLVIA GUERRA


2008-05-14


FILIPA RAMOS


2008-05-04


PEDRO DOS REIS


2008-04-09


ANA CARDOSO


2008-04-03


ANA CARDOSO


2008-03-12


NUNO LOURENÇO


2008-02-25


ANA CARDOSO


2008-02-12


MIGUEL CAISSOTTI


2008-02-04


DANIELA LABRA


2008-01-07


SÍLVIA GUERRA


2007-12-17


ANA CARDOSO


2007-12-02


NUNO LOURENÇO


2007-11-18


ANA CARDOSO


2007-11-17


SÍLVIA GUERRA


2007-11-14


LÍGIA AFONSO


2007-11-08


SÍLVIA GUERRA


2007-11-02


AIDA CASTRO


2007-10-25


SÍLVIA GUERRA


2007-10-20


SÍLVIA GUERRA


2007-10-01


TERESA CASTRO


2007-09-20


LÍGIA AFONSO


2007-08-30


JOANA BÉRTHOLO


2007-08-21


LÍGIA AFONSO


2007-08-06


CRISTINA CAMPOS


2007-07-15


JOANA LUCAS


2007-07-02


ANTÓNIO PRETO


2007-06-21


ANA CARDOSO


2007-06-12


TERESA CASTRO


2007-06-06


ALICE GEIRINHAS / ISABEL RIBEIRO


2007-05-22


ANA CARDOSO


2007-05-12


AIDA CASTRO


2007-04-24


SÍLVIA GUERRA


2007-04-13


ANA CARDOSO


2007-03-26


INÊS MOREIRA


2007-03-07


ANA CARDOSO


2007-03-01


FILIPA RAMOS


2007-02-21


SANDRA VIEIRA JURGENS


2007-01-28


TERESA CASTRO


2007-01-16


SÍLVIA GUERRA


2006-12-15


CRISTINA CAMPOS


2006-12-07


ANA CARDOSO


2006-12-04


SÍLVIA GUERRA


2006-11-28


SÍLVIA GUERRA


2006-11-13


ARTECAPITAL


2006-11-07


ANA CARDOSO


2006-10-30


SÍLVIA GUERRA


2006-10-29


SÍLVIA GUERRA


2006-10-27


SÍLVIA GUERRA


2006-10-11


ANA CARDOSO


2006-09-25


TERESA CASTRO


2006-09-03


ANTÓNIO PRETO


2006-08-17


JOSÉ BÁRTOLO


2006-07-24


ANTÓNIO PRETO


2006-07-06


MIGUEL CAISSOTTI


2006-06-14


ALICE GEIRINHAS


2006-06-07


JOSÉ ROSEIRA


2006-05-24


INÊS MOREIRA


2006-05-10


AIDA E. DE CASTRO


2006-04-05


SANDRA VIEIRA JURGENS



ARCOLISBOA 2024: DO MERCADO À ESTÉTICA



CONSTANÇA BABO

2024-05-30




 


A ARCO consiste, sobretudo, num evento de mercado que procura estimular e nutrir o colecionismo. À edição de Lisboa deste ano, realizada entre os dias 23 e 26 de maio, tem-lhe sido apontado um “balanço positivo”. Das inúmeras aquisições concretizadas, salientam-se quinze obras por parte da Câmara Municipal de Lisboa e, pela própria Fundação ARCO, a peça “Sky (NYC22)”, da artista lisboeta Sara Bichão, representada pela galeria Filomena Soares.

No entanto, importa igualmente debruçarmo-nos sobre a feira de arte sob uma perspetiva atenta e crítica do valor artístico e da qualidade estética do que nela se expõe. Recorde-se que a ARCO é também ocasião de uma apresentação pública da criação artística contemporânea e que, cada vez mais, se vê representada pelas galerias. Com efeito, os galeristas solidificam a sua importância e o seu valor no panorama artístico, nomeadamente ao contribuírem para a visualização e expansão de obras e artistas. As feiras têm um inegável impacto na exibição, disseminação e desenvolvimento da criação artística e a ARCO afirma-se como um relevante exemplo disso mesmo.

Desta edição da ARCO em Lisboa, sublinhe-se a predominante representação dos dois países nos quais a feira se concretiza, Portugal e Espanha. Inclusivamente na Solo, a mais pequena secção da feira, salientam-se duas galerias espanholas, La Cometa e ADN, com belos exemplares de trabalhos fotográficos de Juan Baraja e Carlos Aires, respetivamente.

Já na Opening, dedicada às galerias que se estreiam na ARCO e às que regressam pela segunda vez, a Reiners Contemporary Art, de Marbella, com dois artistas brasileiros, Dora Smék e Paul Setúbal. A obra de Dora Smék, entre o bronze e o mármore, representa a pélvis, em “Solid Macael” (2024), e o pulso cerrado, em “Variations on Chaos” (2024), interpelando-nos. A artista manifesta a resistência feminina ao patriarcado e explora a crise, mais especificamente, a crise do corpo, que tem sido para ela um recorrente objeto de investigação. Setúbal, por sua vez, não somente se expressa através de esculturas de bronze, mas também por uma ação performativa, violenta e provocadora, projetada num vídeo com o título “Because the Knees Bend” (2024).

 

Dora Smék na Reiners Contemporary Art. ARCOLisboa 2024. © Constança Babo

 

Do Programa Geral da ARCO, assinale-se a galeria Rocio Santa Cruz, de Barcelona, cujo destaque foi dado ao artista português Diogo Pimentão. Aponte-se “Piece (construct)” (2023), que convoca também a destruição, composta por cimento, gesso e grafite, e “Concept Formation” (2022), de geometria e tridimensionalidade tão dinâmicas quanto harmoniosas. Ambas resultam de uma exímia manipulação da matéria aliada a um profundo sentido estético.

Foi também uma galeria espanhola a vencer o galardão Millennium, a Ehrhardt Flórez, com obras do artista visual alemão Jan Zöller e do escultor português Gonçalo Sena. Já da Opening, secção que este ano teve a curadoria de Chuz Martinez e Luiza Teixeira de Freitas, o prémio foi atribuído à galeria 4710, de Tbilisi, na Geórgia, com Meraba Gugunhashvili e Tamar Nadiradze, representativos da prática artística emergente daquele país.

Dediquemo-nos agora aos casos portugueses, até porque os habitués não desiludiram: a Quadrado Azul, com a sempre impressionante fotografia de Paulo Nozolino, a Galeria Fernando Santos, com notáveis peças de João Louro e de Pedro Valdez Cardoso, e a Pedro Cera da qual ressalta uma magnífica série intitulada “Rojo Verde” (2024), de Antonio Ballester Moreno.

Também se evidenciou a Galeria Francisco Fino que, para além da incontornável e atemporal Helena Almeida, apresentou um denso trabalho fotográfico de Daniela Ângelo que requer uma observação aproximada e dedicada. Refira-se também um conjunto de trabalhos de Pedro Paiva que prova a sua habilidade escultórica e plástica, consolidando-o enquanto um artista completo e versátil, pois o seu valor nas artes visuais é já globalmente reconhecido.

A Presença, com Roland Fischer e Isaque Pinheiro. Do último, expuseram-se sobretudo peças recentes, tais como “A Caverna” (2024), sendo todas pautadas por uma originalidade e uma ironia particulares, materializadas por uma notável perícia técnica. De Fischer, expôs-se alguma da sua mais conceituada obra fotográfica, caso dos “Los Angeles Portraits” (1993) e dos espaços arquitetónicos de “Transhistorical places” (2018).

Poderá, ainda, indicar-se a Kubikgallery, com duas valiosas telas, uma de Pedro Vaz e outra de José Almeida Pereira, a par de outras peças da autoria de Maria Durão e Flávia Vieira, que revelam admiráveis competências e domínio artístico.

O Programa Curatorial deste ano foi subjugado ao tema “As Formas do Oceano”, concebido por Paula Nascimento e Igor Simões. Entre as oito galerias abrangidas, indique-se a Coletivo Amarelo, que apresentou belos exemplares do moçambicano Osias Andre e da brasileira Juliana Matsumura, ambos importantes contributos para a problematização do respetivo projeto de curadoria: “o que acontece quando artistas de diferentes portos do Atlântico ocupam um espaço central na cidade de Lisboa?”. No entanto, deverá reconhecer-se que foram vários os nomes a responder a esse desafio, ao longo de toda a feira.

 

Serie-animais, de Osias Andre, na Colectivo Amarelo. Imagem cortesia Colectivo Amarelo / ARCO.

 

Com efeito, este ano, com quinze países representados por mais de oitenta galerias, a ARCO reafirmou a sua pluralidade e o seu desígnio para a descentralização da arte no Ocidente. Para tal, também contribuiu a programação paralela com debates, como as “Millenium Talks”, em torno de temas como “Arte Contemporânea em Rede: desafios e expectativas” e “Arte Africana: Inclusão e a Representação no Espaço Museológico”.

Ora, na medida em que as feiras de arte são de grande escala e visibilidade internacionais, alcançando o grande público, espera-se não somente que nutram o mercado, mas também que contribuam para o desenvolvimento da própria criação artística e para o que, não constituindo uma função exigida ao artista, é-lhe, de certo modo, inerente: agir na e pela sociedade, pois é nela que a arte se encontra sempre e inevitavelmente inscrita.

 

 

 

Constança Babo
É doutorada em Arte dos Media e Comunicação pela Universidade Lusófona. Tem como área de investigação as artes dos novos media e a curadoria. É mestre em Estudos Artísticos - Teoria e Crítica de Arte, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, e licenciada em Artes Visuais – Fotografia, pela Escola Superior Artística do Porto. Tem publicado artigos científicos e textos críticos. Foi research fellow no projeto internacional Beyond Matter, no Zentrum für Kunst und Medien Karlsruhe, e esteve como investigadora na Tallinn University, no projeto MODINA.